Reflexão 17º Domingo do Tempo Comum -  2014

Coisas novas e velhas do tesouro da vida.

“E aqueles que Deus predestinou, também os chamou. E aos que chamou também os tornou justos; e aos que tornou justos, também os glorificou”. O que é predestinação? Muitas pessoas falam que existe destino. Destino é o oposto da predestinação. Vejamos: destino é algo já pré-estabelecido que irá acontecer em nossa vida, pois já está destinado e isso irá acontecer queira ou não. Bem, se existe destino então não existe liberdade e também não existe mérito ou culpa. Se tudo já “está escrito”, então somos apenas marionetes nas mãos do criador, o que é absurdo. Mas, Jesus nos fala de predestinação e o Catecismo nos ajuda a entender: “Para Deus, todos os momentos do tempo estão presentes em sua atualidade. Ele estabelece, portanto, seu projeto eterno de "predestinação" incluindo nele a resposta livre de cada homem à sua graça”. (CEC 600) (grifo nosso). 

Reflita ComDeus

Reflexão 16º Domingo do Tempo Comum -  2014

De que lado, estaremos? Joio ou Trigo?

“A teus filhos deste a confortadora esperança de que concedes o perdão aos pecadores”. Nosso Deus é Misericórdia infinita e trata a cada um de nós não pela justiça senão pelo Amor. Somos criados diferentemente dos Anjos, estes são criados prontos e acabados e desta forma conhecem toda a verdade e estão prontos a servir a Deus de forma plena em uma relação pessoal com o Criador. Em nosso caso somos criados “potencialmente capaz de ser” e que durante toda a nossa vida vamos descobrindo e atualizando o que verdadeiramente recebemos do criador no momento de nossa concepção (momento que fomos criados). Assim experimentamos mais em nossa vida a ação misericordiosa de Deus que sua justiça, não que a Justiça não se faça presente, mas que recebemos de Deus uma porção muito maior de sua Misericórdia.

Reflexão 15º Domingo do Tempo Comum -  2014

Gostaria muito que esta nossa reflexão fosse substituída pelo Sermão da Sexagésima de Padre António Vieira. Neste sermão pregado na Capela Real em 1655 o grande Padre faz uma abordagem da Parábola do Semeador que me impede de escrever seja lá o que for. É muita sabedoria, muito despojamento em Deus e uma iluminação interior que o que vier depois nada pode acrescentar ou demonstrar novidade. Vamos deixar o caminho pra você fazer uma leitura deste sermão. 

O que posso dizer é o quanto aprendi com esse pregador, que após ler e refletir sobre seu sermão tive que tomar uma posição mais intensa em meu trabalho de evangelizador, de professor de Doutrina e de Teologia. É muito intenso e de muita responsabilidade ao ver que a Igreja depende de seus pregadores, anunciadores do Evangelho e que muito se perde dentro da Igreja por que não há pregadores cheios do Espírito Santo que levam uma vida de oração e comunhão na intimidade com Deus. Muitos são relaxados, tentam levar uma “vidinha” de fé só pra manter uma aparência e querem “acender uma vela pra Deus e outra para o Diabo”. E nesta negligência mantém um status na Igreja e acabam tomando lugares de outros.

Top5

1Rosa de Saron
Cartas ao Remetente
2Padre Fábio de Melo
Queremos Deus
3Iahweh
Deserto
4Adriana Arydes
Ser Mãe
5Ministério Adoração e Vida
Herói

Missão Cristo Vive 2014

12 JUL 2014
12 de Julho de 2014
MISSÃO CRISTO VIVE 2014 - A Igreja em Saída Missionária!!!Não perca esse grande evento promovido pela Unidade dos Organismos Eclesiais de Evangelização da Diocese de São José dos Campos.Nos dias 28 Julho à 01 Agosto será uma Semana de Ev...
Leia mais

Lançamento WebRádio ComDeus

26 MAR 2014
26 de Março de 2014
No dia 29 de março de 2014 será realizado o lançamento dessa webrádio!A Comunidade Maria Mãe de Deus apresenta esse projeto como algo que foi sonhado e desenvolvido com muito carinho, seguindo seu carisma de evangelizar através dos meios de ...
Leia mais
Tenha você também a sua rádio